2024
2024
2024
2024
2024
2024
2024
2024

A história do projetor

 

Câmara Escura

A primeira tecnologia cinematográfica foi a Câmara Escura, inventada por Leonardo Da Vinci e depois por Giambattista Della Porta no século XV e XVI, respectivamente. Ela consistia em uma caixa com um pequeno orifício e uma lente que projetava a imagem invertida dos objetos exteriores no interior da caixa. 

Lanterna Mágica

No século XVII, o astrônomo holandês Christian Huygens descreveu a Lanterna Mágica, que projetava imagens de uma tela de vidro usando uma vela, um espelho côncavo e uma lente de ampliação. Sua origem exata é incerta.

Lanterna Vertical

Em 1853, Edmond Becquerel criou a Lanterna Vertical, precursora do retroprojetor, com uma lente horizontal para ampliar as imagens.

Cinematógrafo 

Em 1895, os irmãos Lumière inventaram o cinematógrafo e realizaram a primeira exibição pública de cinema, o que é considerado o início do cinema. Este dispositivo permitiu a captura de imagens em movimento.  Graças a essa invenção foi possível criar o primeiro filme de ficção, Viagem à Lua,  inspirado em uma obra de Júlio Verne.

Projetor de slides 

 

A Kodak lançou o projetor de slides carrossel, que operava de maneira semelhante à Lanterna Mágica, mas com iluminação por lâmpada e imagens gravadas em filmes fotográficos.

 

Datashow

O datashow moderno que usamos hoje teve suas raízes em 1965, quando David E. Hansen de Fairport começou a utilizar imagens capturadas em filmes fotográficos para ampliá-las e melhorar sua visualização em uma tela.

Processamento Digital de Luz 

O projetor DLP usa um chip chamado Dispositivo Microespelhado Digital (DMD) com espelhos microscópicos para criar imagens. Foi criado pela Texas Instruments em 1987, por Dr. Larry Hornbeck.

Projetor 8k alta definição

A empresa multinacional Japonesa de eletroeletrônicos, JVC lança um projetor de alta resolução. O JVC DLA-VS4800 é na verdade um projetor com resolução 4K que engana você na hora de colocar as imagens no painel. O display interno do dispositivo cria uma ilusão de ótica tão tímida que você não consegue perceber. Ele projeta primeiro uma imagem e, imediatamente em seguida, projeta a segunda sobreposta para “preencher” o que faltava. Essas imagens alternam em 120Hz e enganam nosso olho sem o menor problema.

©Timepath timeline maker